domingo, 2 de outubro de 2011

єℓє Tυdσσ ρяα мιм...



Quando estou perto de você o eixo do mundo para, as horas contam num sentindo inverso ao tempo e eu esqueço de tudo ao mínimo contato da sua pele com a minha, o vento sopra mais fraco e você me abraça mais forte e então você me olha, com aquele olhar que se fosse possível ficaria ali comigo para sempre.

Nenhum comentário:

Postar um comentário